Carne Esponjosa

Pare de fumar agora – 50 graves motivos
agosto 20, 2018
Qual a diferença entre tontura, zumbido e desequilíbrio?
setembro 17, 2018
Exibir tudo

Carne Esponjosa

Você já ouviu falar sobre carne esponjosa, também conhecida como adenoide? Você pode sofrer disso e não sabe.

A adenoide, fica localizada na parte posterior do nariz, onde está ligada a cavidade nasal com a garganta; Tem a função de produção de anticorpos para que sejam combatidas infecções junto com as amígdalas.

As amígdalas são muito importantes no funcionamento da nossa respiração. Nós listamos alguns cuidados que devemos ter com ela neste post: http://dramariadantas.com.br/cuidados-com-as-amigdalas/ .

Em alguns casos a carne esponjosa pode aumentar, inflamar, causar dor e dificultar a respiração do indivíduo, trazendo problemas respiratórios, nariz com sensação de entupimento e até ronco.

O crescimento da carne esponjosa dá-se ao fato de existir um acúmulo de bactérias, sobrecarregando o local e causando o inchaço, desta forma, acabam sendo infectadas e ficam inflamadas, alterando e muito, o procedimento de respiração.

A otorrinolaringologista Dr. Maria Dantas Godoy, afirma “muitas vezes, o inchaço da adenoide acaba sendo confundido com sinusite, e o tratamento correto pode ser tardio”.

H2: Como identificar a carne esponjosa?

Listamos abaixo os sintomas que são vistos na maioria das vezes nos pacientes com carne esponjosa inflamada:

  • Dor de garganta
  • Garganta inflamada
  • Febre
  • Nariz entupido
  • Congestão nasal
  • Respiração pela boca
  • Ronco
  • Apneia do sono
  • Glândulas inchadas no pescoço
  • Dor de ouvido

A partir do diagnóstico será indicado o melhor tratamento que pode ser com antibióticos ou procedimento cirúrgico para retirada da carne esponjosa.

A cirurgia é recomendada quando as inflamações são recorrentes ou quando a adenoide é muito grande, podendo causar dificuldades para respirar”, afirma Dra. Maria Dantas Godoy, otorrinolaringologista.

Em ocasiões cirúrgicas a recuperação é simples e rápida. Com recomendação na alimentação leve e com líquidos e repouso nos primeiros dias.

Para Dra. Maria Dantas Godoy, a função de cuidar desta doença, é do otorrino. “O otorrino cuida de funções importantes e não só de inflamações. A respiração, fala, olfato, audição e equilíbrio precisam estar devidamente saudáveis para uma vida saudável”, explica ela.

A saúde é o que temos de mais valioso, e está em nossas mãos, cuidá-la sempre.

Meta descrição:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.