Como seria viver sem olfato?

O que é PAIR? | Por que usar os EPIs?
maio 1, 2018
Consumo e olfato.
maio 14, 2018
Exibir tudo

Como seria viver sem olfato?

Tente imaginar como seria viver sem olfato. É fácil lembrar de alguma gripe que entupiu completamente seu nariz, fazendo com que respirasse apenas pela boca, sem sentir o cheiro de absolutamente nada.

Pode parecer algo quase banal, mas imagine uma situação assim em todos os dias de sua vida. O maior impacto que isso causaria seria com relação à alimentação. O paladar está diretamente ligado ao olfato, ou seja, viver sem olfato é o mesmo que viver sem sabor.

<<Olfato – como afeta nossa vida?>>

Isso afeta grandemente a qualidade de vida dos pacientes, pois passam a ter uma alimentação precária, o que leva a deficiências nutricionais. Os idosos tendem a ter uma perda sensível no olfato com o passar dos anos e isso pode inclusive levar a quadros de depressão.

As causas do comprometimento do olfato são várias, englobando doenças respiratórias temporárias, como fortes resfriados ou gripes. Infecções crônicas, como a sinusite, também podem levar à perda do olfato.

Traumas físicos ocasionam a perda de olfato, quando danificam uma estrutura óssea em forma de peneira, por onde passam as células do nariz a caminho do cérebro, interrompendo os sinais entre um e outro órgão.

Viver sem olfato é, no mínimo, angustiante. A revista Science publicou um artigo, comprovando que nosso olfato é capaz de distinguir mais de um trilhão de aromas. Imagine de quantas sensações está privado o paciente que não sente o cheiro de nada.

Pesquisas demonstram que o olfato está intimamente ligado a emoções. Aromas são capazes de alterar nosso humor e, consequentemente, nosso comportamento. Pessoas que vivem sem ter o olfato tendem a ter problemas para identificar o estado emocional de outras.

Além disso tudo, viver sem olfato é extremamente perigoso, já que esses pacientes não identificam um vazamento de gás, um incêndio, a presença de gases tóxicos ou mesmo alimentos estragados.

2 Comentários

  1. […] <<Como seria viver sem olfato?>> […]

  2. […] <<Leia também: Como viver numa vida sem olfato>> […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.